top of page

Projeto prevê criação de trilha inteligente na Região dos Lagos para atingir a meta Lixo Zero

Uma visão integrativa é necessária para conseguir fazer com que práticas sustentáveis causem impactos duradouros, afinal, iniciativas de sucesso são aquelas que se mantém após ações de intervenção. Desta mentalidade, surge o "EcoAtalaia: Lixo Zero e Educação Ambiental - Saúde e Sustentabilidade no Pontal do Atalaia", que é um projeto proposto por Fábio Cerqueira, CTO da QuipoTech, aprovado no âmbito do edital E_19/2023, da Faperj. O intuito, é atingir a meta de Lixo Zero nas trilhas de acesso das Prainhas do Pontal e na Trilha da Praia Brava, em Pontal do Atalaia, na Região dos Lagos fluminense.


Como pesquisador e educador da área de tecnologia, é claro que essas seriam vertentes presentes. No âmbito tecnológico, o projeto prevê a construção de dispositivos com Internet das Coisas (IoT) para mapear visitantes e controlar os resíduos sólidos produzidos pela atividade turística e local, auxiliando na gestão ambiental com um software para a visualização desses dados. Os dados sobre a flora, fauna, patrimônio arqueológico subaquático e outras informações sobre a região, serão disponibilizados na Carta Náutica Arqueológica Brasileira, plataforma digital da QuipoTech, para serem explorados por iniciativas educativas e de pesquisa de diferentes áreas.


Além disso, o projeto prevê também a instalação de Eco Blocks, lixeiras inteligente para coleta e reciclagem de resíduos, transformando os descartes em souvenires para turistas e propondo uma recompensa lúdica e simbólica pela ação cidadã de limpeza deste patrimônio natural.


Trilha em Pontal do Atalaia
Trilha em Pontal do Atalaia

Já na parte educativa, a partir da geociência, educação ambiental, saúde, tecnologia e inovação, o projeto organiza atividades educativas, sinalização de trilhas com informações pertinentes, workshops e campanhas de sensibilização, reforçando o caráter coletivo que permitiria o alcance dos objetivos. Considerando a valorização da arte e da cultura como integrantes do processo educativo, também está prevista a montagem de uma exposição de artes plásticas, "Transformações do Atalaia", feita de resíduos coletados nas trilhas, para conscientização ambiental e enriquecimento turístico, enfatizando a biodiversidade local e a conservação da vida silvestre. A exposição deve contar com a participação de atores locais, estimulando o senso de pertencimento.


A iniciativa multidisciplinar, aliando a tecnologia à educação e à ação social, está focada na sustentabilidade e gestão ambiental para alcançar a meta de Lixo Zero, promovendo a harmonia entre meio ambiente, comunidade local e turismo, e destacando a conexão entre a saúde ambiental e humana. O EcoAtalaia enfrenta desafios ambientais e promove uma abordagem integrativa e transdisciplinar para sustentabilidade, alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Visa transformar Arraial do Cabo em um destino reconhecido por sua natureza e compromisso com a preservação ambiental, inspirando práticas de conservação da biodiversidade e valorização dos ativos ambientais, econômicos e sociais.

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page